19 de abril de 2009

de tudo o que vivi, lembrei-me disto: no meu presente é este passado que sinto...

3 comentários:

Angelo Morgado disse...

feliz de quem o passado recorada, ele esta sempre presente
num gesto,
num aroma,
até naquele despertar perguiçoso que nos recorda tempos de infancia..
mas a vida 'e isso mesmo, tudo se resume a viver o presente em função de um futuro,tendo em conta o passado!
SÊ FELIZ ,BEM O MERECES

Anónimo disse...

Não aprecio o timbre de voz desta cantora, mas reconheço que canta bem.
Recorda-me a minha juventude e de momentos bem vividos.
Todavia já se passaram muitos anos e pelo meio muitas viagens, muito sítios novos visitados e muita maturidade acrescida.

Beijo

Anónimo disse...

"Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerada pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar viva é sensacional" (Agatha Christie)...
Porque me faltam palavras e o tal jeitinho para comentar tamanha tristeza, aqui deixo palavras de outrém e que a mim me fazem todo o sentido. Porque estar vivo é recordar, é sentir, é aprender e nunca deixar de ter esperança (sempre tive leitura para a noite).
E não podendo deixar de brincar, que tal estava esse esparguete com salmão? Ahahah