1 de abril de 2009

Estas coisas aborrecem-me, pronto!

-----É dia 1 de Abril e está estabelecido que este deve ser o dia das mentiras. No entanto, desagrada-me que haja assim um momento específico para se espetar uma peta (a experiência diz-me que para isso servem também os outros dias todos). Não me apraz, portanto, saber que se oficializou um assunto tão estúpido, atribuindo-lhe até um dia no calendário com honras de celebração: é que as brincadeiras que lhe são inerentes incomodam-me de facto; e deveras causam-me sempre alguma espécie de prejuízo.

3 comentários:

Angelo Morgado disse...

O LUIS ............. TOU GRAVIDO............. HAHAHAHAHAHA................... É MENTIRA , 1 ABRIL :#

Anónimo disse...

Qualquer dia Sócrates institui o dia das verdades, (uma vez que já é conhecido como o Pinóquio) e assim será umas das muitas promessas do seu próximo governo, ora assim sendo, o dia das mentiras foi já banalizado, deixou de ter interesse.

Beijo

João Tomás disse...

O 1º de Abril teve para mim um significado que, dentro do contexto inerente a este dia, até a mim me parecia mentira....
Felizmente era mesmo verdade quando neste tão marcado dia, ingressei novamente no mercado de trabalho.
Dou por mim a pensar é como tem as pessoas tempo e energia para disperdiçar em criar mentiras que, de uma forma ou outra terão de ser desmascaradas. Talvez seja porque nesse dia seja um Carnaval da mentira, em que não se pode levar a mal as falsidades criadas.