8 de abril de 2009

Hoje senti-me assim...

2 comentários:

Anónimo disse...

Os sentires da alma fazem-nos escolher as músicas que melhor interpretam as nossas emoções. No teu caso é recorrente: as tuas músicas são o enlevo dos teus sentimentos, e nelas se espelha o teu interior. «É assim que te vais sentindo»; e eu, pequenina - mas grande nos meus sentires - vou tentando minimizar alguma dessa angústia, afugentando as cortinas de fumo em danças arrepiantes, até que as músicas se façam novamente ouvir em alegres trinados melodiosos.

Beijo

João Tomás disse...

A música... Quando nos faltam as palavras, seja por não encontrarmos as que mais se ajustam aos nossos sentimentos, seja pela angústia nos cortar a garganta quando tentamos proferir algo.... nada é tão discritivo quanto uma melodia.
No entanto meu amigo, além de usares a música como teu interprete das emoções, usa-a também como uma força motivadora que ajuda a cada um de nós a arranjar um "meio" de sair da nossa condição triste e a nos alegrar pelo que tão bom temos na nossa vida, porém, não lhes conseguimos dar o devido valor.
(Palavras de um tolo) Um abraço